quinta-feira

Grito por ti



Eu grito, grito sem saber o motivo pelo qual o faço. Faço-o com tal desespero que parece que o mundo se desmorona, estou a perder as minhas forças, mas continuo a puxar o meu o cabelo quase que arrancando-o pela raiz, dói, e sinto os dedos dormentes, falta-me o ar, não tenho ninguém ao meu lado para me socorrer e por mais que grite, ninguém me ouve.
Olho em minha volta e apenas vejo paredes brancas preenchidas com palavras soltas, sem nexo, palavras duras, frias, começo a ficar assustada, quero sair dali! E finalmente encontro o caminho, mas lá fora há apenas uma pequena diferença, há pessoas, mas ainda assim, estão todas elas imobilizadas, é como o se o tempo tivesse parado.
Estou com medo! Quero fugir dali, quero esconder-me, então corro, corro para bem longe, na esperança de encontrar um lugar seguro, um lugar NORMAL !
Enquanto corro, apenas me passa uma coisa pela cabeça, TU, TU e TU, lembro-me dos erros que cometi, do quanto te fiz sofrer, e do quanto agora penso que estás a ser injusto não me dando atenção, e fazendo-me sofrer. Estava tão distante que tropecei, tropecei no meio do nada, magoei-me muito, não pela queda que sofri, mas sim pelo facto de te querer ao meu lado mais que qualquer outra coisa e saber que não mereço e que tu, já conseguiste tornar-me apenas um contratempo na tua vida. Não me quero levantar, quero desaparecer, só quero morrer aqui mesmo, pois agora eu sei, que depois de tudo que te fiz, eu mereço sofrer, eu mereço ser reduzida a uma simples memória!

...

Mas isto… Isto não passou de um pesadelo e ainda assim, doeu tanto, pois todas aquelas palavras “sem nexo”, fazem agora sentido, e todos aqueles pensamentos, sobre ti, são duras verdades. E ainda assim, gosto de ti daqui até à lua.

4 comentários:

  1. gostei imenso do texto (:
    vou seguir o blog*

    ResponderExcluir
  2. Bem , mas que texto :o .
    Gostei imenso da maneira como o escreves-te , com "garra" .
    Tens tudo ao promenor .
    Toda a dor , todos os tropeços , medos .
    Mas quando caímos , temos que nos levantar , por muito que isso nos custe .
    Por muito que possamos gostar de uma pessoa , não vamos parar a nossa vida toda por causa dela .
    ( Falar é facil ) ...
    Pois , vindo da boca dos outros parece facil , mas estamos na escola da vida , sempre aprender ;) .
    Felicidades (: .

    ResponderExcluir
  3. Parebens!!!
    Os teus textos sao simplesmente espectaculares :)
    Es muito gira, tens tudo! :D
    beijos

    ResponderExcluir

A arte de expressar é uma arte sem pés nem cabeça, mas com todo o sentido do mundo. Por isso, expressa-te. :)