segunda-feira

My heart belongs to me, again.



Tenho o meu coração de volta, ele já não está mais em tuas mãos, o pior é que sempre que ele retorna, por norma, vem sempre com uns arranhões que não lhe pertenciam, arranhões esses que tempos depois deixam cicatrizes bem visíveis...
E a questão é... Será isto algo bom?
A principio pensei que sim, mas agora tenho dúvidas, sinto tanto a tua falta e a distância que se faz sentir entre nós quando estamos no mesmo local faz-me sentir tão estranha, com um "friozinho" na barriga, pois nada é igual, NADA.
De um jeito que só eu sei, gosto imenso de ti. Mas eu sabia que não estavas feliz e a culpa era minha e sendo tu a última pessoa que queria algum dia magoar, se a única forma na qual eu podia intervir para poderes ganhar asas para seres completamente feliz era eu me afastar, eu dei-te as asas de que necessitavas, embora que tenha custado, e muito...
Nem tudo é perfeito, poucas coisas o são, eu faço parte da porção mais imperfeita que existe. Eu não acredito em contos de fadas nem em "felizes para sempre", acredito apenas em FINAIS felizes (sim, "FINAIS", e perguntam vocês qual a diferença, e eu digo-vos que é toda e mais alguma, tudo tem um fim, um felizes para sempre cria a ilusão contrária, por isso eu vivo com a intenção de um final feliz, ainda que anseie o final, que o tema, eu sei que um dia chegará e assim estarei preparada.), e o nosso final não foi tão pouco feliz ou infeliz, foi apenas um final, duro, deixou marcas mas foi aquilo que aparentemente era melhor para ambos.
Hoje olho para ti e sinto falta do teu abraço. Não sei de que jeito o sinto, se por apenas gostar de ti e te querer como meu amigo num todo e não apenas alguém a quem digo "olá" e "adeus" ao final do dia, ou se por querer aquele "nós" de volta. Sinceramente, não sei.

♥♥♥♥♥

Escrito a: 12-11-2010

7 comentários:

  1. nossa, nunca mas tinha vindo aqui :(
    adorei ler o texto, tá lindo *-*
    beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Em singelas palavras você transformou esse lindo texto.Parabéns! Seria uma honra tê-la como visitante em meu blog.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. já deixei de escrever no blog. mas obrigado pelo comentário querida

    ResponderExcluir

A arte de expressar é uma arte sem pés nem cabeça, mas com todo o sentido do mundo. Por isso, expressa-te. :)