sábado

Necessito-TE.


Não te posso prometer que os nossos momentos, as nossas cumplicidades e tudo o que nos envolve e nos caracteriza irão ser para sempre, não te posso prometer que não vou errar, não posso, porque maior que o medo de errar é o medo de te desiludir. Mas podia prometer-te mil e uma coisas. Mas não vou, embora, queira. Sabia que não me conhecia, não neste campo, mas julguei que como em tudo o resto, com bom senso iria perceber e compreender o que se passava, o que se iria passar, o que iria sentir… Mentira. Conheço-me pior do que julgava, e ainda bem. Durante demasiado tempo privei-me de viver certas emoções com receio, com medo, com medo de mim própria, com medo de não estar à altura de ti. Ah, e se pudesse voltar atrás - embora, não possa, nem queira - não mudava nada!

Juro(-te). Ninguém compreende, mas independentemente de terem sido, talvez, os piores 3 meses da tua vida, fizeram-me crescer, FIZESTE-ME CRESCER! É inexplicável, agora sei. E senti um orgulho enorme, sabes? Por ter tido a capacidade de te manter perto de mim, até hoje. Porque és tão especial, mesmo sem o saberes. Sempre foste! Percebi finalmente o que me incomodava tanto. Percebi a confusão que me pairava na minha cabeça e o porquê de estar assim. Percebi e sinceramente acho que não podia ter chegado á melhor conclusão - que estar ao pé de ti, é o melhor para mim. Que não quero, nem posso deixar que isto morra. Isso, eu prometo.

Necessito-TE.

17 comentários:

  1. oioi :$
    eu amo o teu perfil, principalmente a parte transparência :b
    tens textos lindos!

    ResponderExcluir
  2. Oh tens toda a razão!
    Obrigada, eu também gosto muito deste teu post. É tão bom termos pessoas que nos fazem crescer :3

    ResponderExcluir
  3. Vê-se que amas a vida =) Isso é bom!!

    Sigo-te!

    ResponderExcluir
  4. eu é que agradeço, está lindo (:

    ResponderExcluir
  5. É para os que leem se divirtam tambem ^^
    ahahah, então se gostas de bananas eu arranjo-te uma XD

    ResponderExcluir
  6. Ai, ai, ai,.... que texto dolorido...bateu fundo...quase invadiu o útero... Quase chorei tamanha sinceridade e veracidade de tudo q. está sentindo.... Bjitos...texto magnífico.

    ResponderExcluir

A arte de expressar é uma arte sem pés nem cabeça, mas com todo o sentido do mundo. Por isso, expressa-te. :)